Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diasdechocolate

diasdechocolate

O bichinho da leitura

O meu gosto pela leitura tem sido, até agora, intermitente. Em miúda, lembro-me de todos os dias ir à biblioteca da escola buscar um novo livro, daquelas colecções próprias para os 11 ou 12 anos. Com a entrada no terceiro ciclo lá se foi de novo este gosto de ler, que voltou com os quinze anos, altura em que li (quase todos)os romances de Nicholas Sparks. Não sei se foi das tantas histórias de amor se do drama que sempre as acompanha que voltou a esfriar o vício de ler e lá andei nos três anos do secundário a fazer pirraça sempre que o professor de Português anunciava um novo contrato de leitura. Ainda por cima, as propostas não eram assim tão interessantes. Li os livros obrigatórios (quer dizer, na realidade, lia umas 20 páginas e procurava um bom resumo para o teste), lembro-me de ter lido "O Perfume" (este li mesmo mas...hmm...detestei!!) quando foi sugerido que escolhessemos um livro! Durante os anos de faculdade, graças ao pouco tempo e à minha (tremenda) falta de organização não devo ter lido mais do que quatro ou cinco livros. Uma miséria, eu sei e estou a tentar recuperar estes anos perdidos. Sei da importância de ler e sei que um livro é sempre uma boa companhia, seja na praia (tão bom), na sala de espera do dentista ou antes de dormir!

Actualmente, há tantos livros interessantes que a maior dificuldade é saber o que comprar. E o que é importante um livro interessante que cative e nos prenda à leitura. É certo que o preço dos livros (ou os salários auferidos) também não são os melhores amigos da leitura, só que a satisfação de comprar um livro e sentir aquele cheiro "a novo" é tão boa que vale o investimento. Este ano já li mais do que nos anos anteriores mas ainda é muito pouco para aquilo que devia (e podia) ler! Assim de repente lembro-me de quatro, acabei "Os Maias", que comecei no ano anterior e, de momento, estou a ler dois. Mas ainda há tanto para ler! Tenho aqui uma pequena listinha que aguarda ansiosamente o meu primeiro emprego para ser diminuída. Enquanto não venço esta luta do desemprego, vou lendo algum dos que devia ter lido na escola e que andam aqui por casa. Já li "Os Maias", como referi anteriormente, agora leio " O Principezinho" que não sei bem o que achar. Ouvi falar muito deste livro mas não sei se gosto da história. Ainda estou a meio, é certo, mas das duas uma: ou a história desenvolve para uma coisa mais interessante ou então sou só eu que não tenho muita sensibilidade para perceber o objectivo do livro. A ver vamos, como isto desenrola!

2 comentários

Comentar post