Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

diasdechocolate

diasdechocolate

Páscoa, amêndoas e uma vontade de comer desgraçada!

Andei estas últimas semanas a pensar que a Páscoa ainda vinha longe e, vai-se a ver, cá está ela, daqui a dois dias. É tudo muito lindo, é a família junta, é o Compasso em casa, é conversa da boa. O problema está em cima da mesa: folar, pão-de-ló e...as amêndoas. Acho que este é mesmo o meu maior problema. Como de todos os tipos mas se me passam pela frente as napolitanas (aquelas roxinhas), fico doida. E é assim que estou há uns dias. Já vi que pararam aqui por casa uns quantos pacotinhos e, sob pena de me chamarem de gulosa, vou vê-los frequentemente mas, no momento em que estico a minha mãozinha para lhes pegar, a minha consciência fala mais alto: ainda não é dia de Páscoa, as amêndoas têm toneladas de açúcar que faz mal que dói e, para falar verdade, já tinha mandado abaixo uns quantos quadradinhos de chocolate (vá que era negro). Isto é mesmo só gula mas deixa-me o coração despedaçado pensar que ainda tenho que aguentar dois dias para comer. E quando chegar o dia, tenho de me aguentar para não comer o pacote todo de uma vez só! (Não convém esquecer que o Verão não tarda a chegar)

Assunção, outra vez?!

Sempre que abre a boca, já se sabe que vai dizer asneira da grossa ou então algo muito "filosófico" e de entendimento exclusivo de verdadeiros pensadores, onde deve achar que se inclui. Esta mulher "inconsegue" dizer alguma coisa de jeito. E "inconsegue", igualmente, corresponder ao cargo que ocupa. É  a segunda figura da nação mas quem a vê na Assembleia da República (normalmente, a guinchar para evacuar as galerias) ou fora dela (a proferir discursos vazios) ficará com a sensação que é alguém que anda por lá, a fazer alguma coisa com pouco interesse. 

A polémica desta semana com os Capitães de Abril é mais um exemplo da incapacidade da "presidente". Convida-os a estarem presentes na cerimónia, mas só com a condição de ficarem caladinhos, não vá alguém fazer críticas à governação e isso fica muiiito mal numa cerimónia oficial. Há que manter as aparências!

Fiquei incrédula quando disse que o problema seria deles se não marcassem presença. Não, não. O problema não é (só) deles. É nosso! São os 40 (quarenta) anos da Revolução e os Capitães de Abril devem estar presentes e, digo eu, deveriam ter direito à palavra. Afinal, foram eles alguns dos protagonistas desta data mas, ao que parece, a "presidente" tem muitas pessoas importantes para falar nesse dia e os Capitães têm de ficar de fora. Ou então é só medo que lhe roubem o protagonismo e não haja destaque às bacuradas que certamente dirá nesse dia.

Memórias da minha infância

Ontem, quando estava a ver televisão, alguém falou de um dos meus programas preferidos de infância: os teletubbies. Eram assim os bonecos mais fofinhos que existiam. Não perdia um único episódio, adorava a música do início, adorava ver o aspirador a limpar e, claro, adorava os próprios bonecos. Gostava de todos mas sempre achei a Laa-Laa a mais amorosa e a Po a mais indefesa deles todos. Só para verem a minha obsessão por estes bonecos, cheguei a dar o nome de Dipsy a um animal que tive nessa altura, algo que é absolutamente estúpido porque eu tinha uma gata e consegui dar-lhe um nome masculino. Enfim, coisas da idade!

Claro que, quando ouvi falar deles e como tinha o computador nas mãos fui logo rever umas cenas deles e fiquei maravilhada com aquilo, tal como ficava há uns anos atrás. Compreendo aqueles que os acham irritantes, eu própria, às vezes, também os achava um bocadinho mas isso nunca foi motivo suficiente para deixar de os ver.

Deixo-vos aqui o vídeo com a música de abertura que é maravilhosa!