Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

diasdechocolate

diasdechocolate

Era uma fatia destas, por favor!

A vontade de comer acompanha-me em todos os momentos, ainda mais se for pra comer aquelas coisinhas mesmo boas tipo chocolates ou bolinhos mas, no geral, gosto (e como) de tudo. E hoje, só me apetecia meeeesmo isto: uma fatia de bolo de chocolate para acabar com esta fome emocional!!

 

Ideias e mais ideias....

Ora bem, o meu aniversário está à porta e, tal como em anos anteriores, gosto de ser eu a fazer o bolo de aniversário. Andei a fazer umas pesquisas e estou rendida ao famoso "naked cake". Ainda não sei se será de chocolate ou não, não sei como farei o creme mas uma coisa é certa: este ano, o bolo é deste estilo.

 

Vejam e babem-se um bocadinho :P

 

 

                

 

 

                            

 

 

    

 

 

     

Chocolate, chocolate, chocolate :))

Não que fosse necessário um dia específico para reconhecer a importância do chocolate na vida (da maioria) das pesoas. Eu acho que não preciso dizer muito sobre a minha relação com o chocolate, acho que se vê pelo nome do próprio blog.

Aproveitemos para celebrar este dia com um ou dois quadradinhos (mais não, olhem aí o Verão)!

 

Dia do Pai - o presente

É já amanhã o Dia do Pai. Um dia igual a todos os outros, em que devemos mimar os nossos pais (sim, se possível, o pai e a mãe) com beijinhos, gestos de amor, respeito e alguns presentes, claro. Quem não gosta de receber um presente seja em que dia for?!

Eu não tenho filhos mas, pelo que me parece e pelo que oiço, estas datas são mais engraçadas para os nossos pais quando somos pequenos. Fazemos aqueles desenhos pirosos na escola, aquelas construções de plasticina que ninguém entende o que são, pegamos numa pedra da rua que lhes oferecemos como pisa-papéis... É uma lista não muito extensa de presentes que quase todos já oferecemos ao nossos pais neste dia. Confesso que ultimamente, não só por força da situação económica mas também pela acessibilidade facilitada aos mais diversos produtos, acho que muitas pessoas (onde me incluo) passaram a fazer coisas mais personalizadas, simples e mais significativas. Não deixei de dar presentes mas adaptei as minhas escolhas às reais necessidades e pus a cabeça a pensar um pouco mais para oferecer algo mais criativo. Cá em casa, quando se aproximam datas festivas ouve-se scom frequência: "eu não preciso de nada em especial, tenho tudo o que preciso". É isto, quase sempre!

Posto isto, amanhã o meu pai receberá um beijinho especial e irei preparar uma coisa que sei que ele adora: mousse de chocolate negro. Não come muitas vezes para salvaguardar a saúde mas como amanhã é (mais um) dia dele, acho que merece uma sobremesa diferente. Pode parecer insignificante mas tenho a certeza que ele vai adorar a ideia. E isso é o mais importante!